Todos adoram o Cooper

Mas afinal QUEM É o Cooper?

Diz o passaporte que se chama Cooper, está a poucos meses de completar cinco anos, é português e é nem mais nem menos que um buldogue francês. Não diz o passaporte, mas é adepto do FCP. Ferrenho. E é uma das novas estrelas na blogosfera portuguesa, com direito a
destaque no header do Just Being Pecola, um dos poucos blogues portugueses que faz parte da lista restrita de blogues que já atingiu a marca da uma década de existência.

Para a Pec, o Cooper é um amigo com quem se diverte no dia-a-dia e que por isso, inevitavelmente, ganhou um espaço de destaque no seu blog. Primeiro com fotos bem
humoradas, depois com partilhas sobre as graças do Cooper, os leitores foram começando a pedir mais e mais posts sobre ele e com ele, pedidos que para a blogger não são nada difíceis de satisfazer.

Quando este ano o Cooper sofreu uma cirurgia de urgência a uma hérnia que lhe afectou o movimento em todos os membros e o diagnóstico reservado se tornou uma realidade, a blogger foi surpreendida com uma chuva de votos de melhoras de todo o lado. Eventualmente o Cooper melhorou mas já não era o mesmo. Não sabia, mas tinha ganho o afecto de pessoas a quilómetros de distância, que pediam mais e mais informações sobre o seu estado.

Hoje, a intenção da blogger, para além de ir deixando um registo dos momentos Kodak do Cooper, é ir alertando para algumas situações que possam acontecer com cães desta raça e cujo conhecimento é fundamental para quem está a pensar partilhar casa com um. E pelo caminho tem-se transformado também em momentos de aprendizagem mútua, através das próprias partilhas dos leitores.

Mas o Cooper não está limitado à plataforma do blog. Também no Instagram e no Facebook
vai fazendo as delícias de um público cada vez mais conquistado.